segunda-feira, 30 de Março de 2009

Sopa Primavera


Sou decididamente uma fã de sopa, é prático, é nutritivo, é normalmente rápido … só vantagens. No inverno não há nada como uma sopa bem quente e no verão sabe sempre bem uma sopa fria. Esta é uma sopa de Primavera, nem muito pesada nem muito leve, quando vi a receita na última Elle à Table estava classificada como “Fácil” e “Barato” já estava convencida quando ao ler os ingredientes vi a palavras mágica… Gengibre … tudo o que tenha gengibre passa à frente, este blog é recente mas já tem sopa com gengibre, sorvete com gengibre…. Fora as 1001 receitas que ainda não estão cá …. Acho que o descobri tarde (mas quando se vive até aos 18 anos numa terra pequena se calhar não há muita coisa a ser descoberta cedo…) adoro o sabor, gosto tanto que até o meu gato já esteve em perigo… depois de lhe ter atribuído o nome é que soube que em Inglês os gatos amarelos se denominam Ginger Cats.... coitado…. seria então um Gengibre de quatro patas.

Ingredientes:

1 Cebola
1 Dentes de Alho
1 Nóz de Gengibre fresco (usei em pó +/- 1 Colher de Sobremesa )
1 Courgette Pequena
2 Tomates
1 Alho Francês (a receita pedia pimento vermelho)
1 Colher de Sopa de Concentrado de Tomate
1 Molho Pequeno de Coentros
1 Molho Pequeno de Salsa
10 Folhas de Manjericão
Azeite qb
Sal e Pimenta qb
50 cl de Leite de Coco
1 Lima

Picar a cebola o alho e o gengibre. Cortar o pimento, a courgette e o tomate aos cubos e o alho francês às fatias. Aquecer azeite e dourar a cebola, juntar o tomate, o concentrado de tomate, a courgette, o alho francês e o gengibre e ½ copo de água deixar cozer +/-5 minutos. Juntar 50 Cl de água e o leite de coco, temperar com sal e pimenta, tapar e cozer mais 15 a 20 minutos. Juntar as ervas picadas (coentros, salsa e manjericão) e o sumo de lima, envolver e servir.

domingo, 29 de Março de 2009

Pequeno Alomoço Blogosférico

Graças à Blogosfera vamos juntando informação e fazendo coisas que antes não faríamos... sempre gostei de queijo cottage e dentro das minhas memórias alimentares existe um em particular comido no pequeno almoço de um hotel em Helsínquia… mas nunca pensei fazer até ler um post da Ana Elisa que remetia para outro post em que se explicava o processo de elaboração… fiquei a pensar em como parecia fácil... mas foi necessário ainda outro post para me fazer passar à acção.

Não podia ser mais simples e de lá para cá tenho feito quase todas as semanas. Uso sempre limão porque tive medo que ficasse a saber muito a vinagre, o processo como é explicado em todas as mensagens de forma muito clara consiste em levar o leite ao lume até aos 90º (convêm usar um termómetro) e juntar o limão até coalhar o leite, escorrer, juntar sal e está pronto.

O pãozinho da foto é uma receita da Moira e chama-se Brydebrød, satisfez plenamente o meu gosto por pães com muitas sementes, é uma receita diferente e fica um pão super saboroso. Usei sementes de girassol e de Papoila mas de resto segui à risca as indicações da Moira.

quinta-feira, 26 de Março de 2009

Gelado de Café

O calor voltou, a primavera desistiu de aparecer e deu lugar ao verão, estamos em Março com calor de Junho, isto preocupa-me… mas como para além de ser “Eco Chata” (como uma colega uma vez me chamou…) pouco mais posso fazer resolvi abrir The Perfect Scoop à procura de algo fresco, como gosto muito do sabor do café (apesar de só beber um por dia) este sorvete “riu-se” para mim, mas acho que se devia chamar antes Capuccino já que sabor a café não é muito forte, fiz uma infusão de 4h e não de 1h como dizia a receita mas mesmo assim…
Por outro lado achei um desperdício de café… depois da infusão mal se aproveitam os grãos, podem ser passados por água e secos mas já não é a mesma coisa. Na próxima vez em vez de grãos vou usar café solúvel.

Adenda: Depois de escrever o texto de cima fui buscar o livro para copiar os ingredientes e… oh surpresa das surpresas… o ultimo item da receita é… grãos de café finamente triturados… misturados no fim ao creme…pois… por isso é que o meu sabia pouco a café… é o que dá ler tudo na diagonal e fazer 100 coisas ao mesmo tempo… pronto, assim sendo retiro a proposta de alteração do nome :)

Ingredientes:
1 ½ Chávenas de Leite (usei meio gordo)
1 ½ Chávenas de Grãos de Café (pode ser descafeinado)
1 ½ Chávenas de Natas
5 Gemas
¾ Chávena de Açúcar (usei um pouco menos)
Pitada de Sal
¼ de Colher de Chá de extracto de Baunilha (não usei)
¼ de Colher de Chá de grãos de café finamente moídos

Aquecer o leite, o açúcar, os grãos de café, o sal e ½ chávena de natas até levantar fervura, nessa altura apagar o lume e deixar em infusão 1h (deixei 4h). Passado esse tempo usei a Bimby e por isso juntei tudo menos a colher de Chá de grãos de café finamente moídos e fiz o creme em 5 minutos a 80º na Velocidade 3. Escorri os grãos de café e foi ao congelador umas horas, quando solidificou triturei 20 segundos na Vel 8 para ficar cremoso.

O método sugerido na receita é um bocadinho mais trabalhoso:

Passado o tempo da infusão reaquecer a mistura de leite e café, à parte levantar fervura às restantes natas e reservar. Bater as gemas com o açúcar até ficarem esbranquiçadas. Adicionar a pouco e pouco o leite com café para as gemas não cozerem, levar ao lume durante uns 10 minutos. Retirar do lume e juntar as restantes natas, coar os grãos de café e misturar o café moído. Levar ao frio cerca de 4 a 6 horas e depois à sorveteira para ganhar consistência.

quarta-feira, 25 de Março de 2009

Tarte de Pesto de Espinafres com Tomate

Com o passar dos anos acho que um provérbio que poderá vir a aparecer é: “Quem tem Blog come Frio”, foi o que me aconteceu com esta tarte que quando acabou de pousar para a objectiva estava quase gelada. Normalmente fotografo à noite e claro está que a qualidade da luz nunca é a ideal, como esta tarte foi feita para o almoço tive de aproveitar.

É uma receita sem receita que surgiu por acaso para aproveitar um pesto de espinafres que tinha sobrado há uns dias, faz-se em menos de 10 minutos e tanto pode servir de entrada como de refeição leve, claro que também se pode fazer uma grande, mas eu tenho o vício das miniaturas.

Ingredientes para a Massa Quebrada:
150gr de Farinha (usei integral)
65gr de Manteiga sem sal
1 Colher de Chá de sal
1 Colher de Chá de Açúcar
75 ml de água

Desde que tenho Bimby faço tudo em 15 segundos/ velocidade 5 mas para quem não tem é misturar tudo com a batedeira ou com os dedos até ter uma areia grossa, não se deve misturar muito para a massa não ficar dura depois de cozida. Com esta quantidade massa fiz 4 tartes
pequenas.

Ingredientes para o Pesto de Espinafres:
200gr de Espinafres
1 dente de Alho
3 Colheres de Sopa de Pinhões ou Nozes
4 Colheres de Sopa de Parmesão
Sal, Pimenta e Azeite qb

Triturar tudo até obter uma pasta e ir depois ir juntando o azeite até formar um creme.
Estas quantidades são meramente indicativas pode ser menos alho, mais parmesão, mais pinhões ou nozes…

Antes de untar a forma coloco sempre duas tiras de papel em cruz (com as pontas para fora) para depois ser mais fácil tirar a tarte, como estas formas pequenas não têm fundo falso assim não corre o risco de se partir.
Depois de untada forrei a forma com a massa, normalmente não estendo a massa com o rolo vou colocando pequeno bocados e ajeitando com as mão.
Levei ao forno a 200º uns 2 ou 3 minutos só para secar ligeiramente, coloquei o pesto e o tomate por cima e voltou ao forno para terminar de cozer mais uns minutos, como a massa é fininha coze depressa. Servi com rúcula selvagem polvilhada de nozes.

terça-feira, 24 de Março de 2009

Iogurte de Maple Syrup


A Fer já referiu várias vezes os iogurtes de maple, como cá em Portugal não existem à venda resolvi "inventar" uns.... para primeira experiência não correu mal.
Este foi acompanhado de puré de maça e nozes.

Ingredientes:
1L de Leite meio-gordo
1 Iogurte Natural
2 Colheres de Sopa de Leite em Pó
8 Colheres de Sopa de Maple Syrup

Misturar tudo com a varinha mágica e levar 12h à iogurteira.

quinta-feira, 19 de Março de 2009

Sorvete de Abóbora com Gengibre

Com 27º lá fora só me apetece comer coisas frescas e claro que o meu cérebro começa logo a processar a palavra "sorvete". Com o que sobrou de abóbora da sopa do post anterior resolvi fazer um sorvete de abóbora, um sabor que nunca tinha provado mas arrisquei por se tratar de uma receita do livro Legumes sem Desculpas que normalmente correm bem.

Ingredientes:
500ml de Natas
1 Colher de Chá cheia de Gengibre em pó
4 Gemas
125gr de Açúcar (usei 120gr mas acho que podia ser menos)
125gr de Puré de Abóbora Cozida

Cozi a abóbora sem qualquer água uns minutos no microondas, entretanto fiz o creme na Bimby 5m a 80º Velocidade 3, no fim misturei a abóbora e o gengibre 30 segundos na Velocidade 7 e foi ao congelador umas horas, quando solidificou triturei 20 segundos na Vel 8 para ficar cremoso.

O método sugerido na receita é um bocadinho mais trabalhoso:

Levantar fervura às natas e reservar. Bater as gemas com o açúcar até ficarem esbranquiçadas. Adicionar a pouco e pouco as natas para as gemas não cozerem, levar ao lume durante uns 6 minutos sem nunca passar do 80º. Retirar do lume e juntar o puré de abóbora e o gengibre. Levar ao frio cerca de 4 a 6 horas e depois à sorveteira para ganhar consistência.

Servir com chocolate derretido, eu ultrapassei esta fase colocando apenas umas folhas de chocolate muito fáceis de fazer, pincelam-se com chocolate a parte de trás (rugosa) de algumas folhas leva-se ao frio para solidificar e passa-se novamente com chocolate para ficar mais grosso, quando estiver seco retira-se a folha e já está.

terça-feira, 17 de Março de 2009

Sopa Tailandesa de Abóbora e Camarão

Encontrei esta receita de caril da Nigella mas como me faltavam vários ingredientes* e me apetecia antes uma sopa resolvi adaptar.

Simplifiquei bastante a maneira de confeccionar o que transformou este prato quase num Fast Food Thai

Ingredientes:
400ml de Leite de Coco
2 Colheres de Sopa de Pasta de Caril Vermelho
3 Colheres de Sopa de Molho de Peixe
1 Colher de Sopa de Açúcar
3 Talos de Lemongrass**
3 Folhas de Lima Kefir
500gr de Abóbora cortada aos cubos
250gr de Miolo de Camarão
Espinafres
Coentros
Sumo de Lima

Misturar ao lume o leite de coco com a pasta de caril, juntar o molho de peixe, o açúcar, os talos de lemongrass partidos e as folhas de lima kefir, quando levantar fervura juntar a abóbora e o camarão (o camarão leva menos tempo a cozer mas como os meus estavam congelados foram ao mesmo tempo). Quando a abóbora estiver cozida, misturar os espinafres que rapidamente vão murchar com o calor, temperar com o sumo de lima, adicionar sal e polvilhar generosamente com os coentros.

Pode-se usar só metade do leite de coco para ficar mais seco e acompanhar com arroz branco.

*Um dos ingredientes pedidos era Turmeric, que graças à Mariana descobri ser Açafrão da Índia mas que não tinha.

** Tenho sempre dúvidas sobre o nome em Português, será Citronela?

segunda-feira, 16 de Março de 2009

Muesli

Nunca consegui saber a diferença concreta entre Muesli e Granola, acho que o que varia é apenas a designação… Muesli é o termo europeu que surgiu na Suíça e Granola será a designação Americana… mas posso estar enganada se alguém souber outra explicação por favor diga-me.

Fazer Muesli é sempre algo que causa algum espanto nos outros, fazer pão, iogurtes e até manteiga vá que não vá… mas quando digo que faço Muesli há sempre alguém que diz, “E não seria mais fácil comprar um pacote?” pois seria … mas nem sempre aquilo que é mais fácil é aquilo que nos dá mais prazer.

De há uns tempos para cá tenho experimentado várias receitas, gostei particularmente desta da Nigella pela conjugação da maça com a canela e o gengibre.
A receita pareceu-me que daria uma quantidade muito grande por isso dividi tudo por quatro e deu o frasco da foto mais ¼ de frasco.

Ingredientes:
450g Flocos de Aveia
120g Sementes de Girassol
120g Sementes de Sésamo Brancas
175g Compota de Maça (usei uma compota sem açúcar)
2 Colheres de Chá de Canela
1 Colher de Chá de Gengibre em pó
120g Golden Syrup*
4 Colheres de Sopa de Mel
100g Açúcar Mascavado Claro
250g Amêndoas sem pele (usei uma mistura de Avelãs, Castanha de Caju e Nozes)
1 Colher de Chá de Flor de Sal
2 Colheres de Sopa de Óleo de Girassol
300g Passas (usei menos e acrescentei banana)

Aquecer o forno a 170º. Misturar tudo numa taça, espalhar num tabuleiro e levar ao forno, ir mexendo de vez em quando até estar dourado. Deixar arrefecer bem antes de colocar no frasco.

*Acho que não existe tradução para o nome mas em Portugal já se encontra em vários supermercados

sexta-feira, 13 de Março de 2009

Palmiers

Esta era uma informação que eu não necessitava ter… como fazer Palmiers lindos e deliciosos em menos de meia hora… e só com dois ingredientes… agora há o perigo iminente de ter de os voltar a fazer muitas e muitas vezes… tudo começou com a blogosfera Espanhola inundada destas pequenas maravilhas graças a este vídeo da Nestlé.

Ingredientes:
Massa Folhada (usei fresca do Lidl porque é rectangular)
Açúcar qb

Dobrar a massa como mostra o vídeo e cortar os Palmiers, colocar no tabuleiro bem separados, os meus cresceram muito e ficaram ligeiramente colados uns aos outros.

Levar ao forno a 200ºC/220ºC até estarem dourados, nessa altura vira-los ao contrário para dourarem do lado que estava em contacto com o papel (esta parte no vídeo não se vê) mais uns minutos e estão prontos, depois é tentar comer só um… ou dois, vá.

quinta-feira, 12 de Março de 2009

Sabemos que estamos demasiado cansadas quando…

Depois de um longo dia chegamos a casa, cozinhamos, fotografamos e ao procurar a máquina que tinha entretanto desaparecido, encontramo-la dentro da máquina de lavar louça…

domingo, 8 de Março de 2009

Bolo de Chocolate

Fiquei de fazer um bolo para um lanche com umas amigas e quando isto acontece debato-me sempre com o eterno dilema... o que fazer? algo que já fiz outras vezes e que sei que fica sempre bem? ou algo novo das 1001 receitas que esperam para ser testadas? penso sempre demasiado... peso os prós e os contras... desta vez por falta de tempo acabei por fazer uma das infalíveis receitas da Trish Deseine que já tinha feito outras vezes.

Ingredientes:
200gr de Chocolate negro
200gr de Manteiga
5 Ovos
1 Colher de Sopa Farinha
250gr de Açúcar

Aquecer o forno a 190º. Derreter o chocolate e a manteiga no micro ondas ou em banho maria, misturar o açúcar, os ovos e a colher de farinha. Cozer durante 20 a 25 minutos, deve ficar ligeiramente mole no centro.
Não pode ser mais rápido e toda a gente adora.

quinta-feira, 5 de Março de 2009

Farfalle com Couve, Bacon, Tomilho e Mozzarella


Nas últimas semana tenho recebido bastantes couves portuguesa na cesta e tenho tentado cozinha-las de formas diferentes. Ontem fiz esta receita do Jamie Oliver que ficou muito boa, infelizmente acho que as massas raramente são fotogénicas.

Ingredientes para 4 pessoas:
100 gr de Bacon aos cubos
Azeite
1 Dente de Alho picado
1 Mão cheia de folhas de Tomilho picadas (não coloquei)
1 Couve picada (remover os talos centrais)
1 Mão Cheia de Parmesão ralado
455 gr de Farfalle
Sal & Pimenta
200 gr de Mozarella de Búfala
2 Mãos Cheias de Pinhões ligeiramente tostados.
Fritar o bacon num pouco de azeite (eu frito sempre o bacon sem nada, acho que a própria gordura é suficiente). Juntar o alho e o tomilho e alourar o alho (como não tinha colocado azeite antes, coloquei agora um fio). Juntar a couve picada e o parmesão, cozinhar 5 minutos com a tampa posta e mexendo de vez em quando (acho que o queijo se agarrou demasiado às couves e por isso a próxima vez vou colocar o queijo já mais próximo do fim da cozedura). Entretanto cozer a massa e tostar os pinhões. Quando a couve estiver tenra, temperar com sal e pimenta misturar a massa, os pinhões, e a mozzarella cortada aos bocados.

quarta-feira, 4 de Março de 2009

Sopa Colorida num Dia Cinzento


Apesar do Cavoletto di Bruxelles ser um dos primeiros blogs que comecei a visitar esta sopa publicada em 2006 passou-me completamente ao lado...

Só agora à procura de qualquer coisa diferente para fazer com meia couve que veio na cesta é que a receita me chamou à atenção.
Fica uma sopa surpreendentemente deliciosa e visualmente muito diferente.
Cá vai a receita original e as minhas alterações.

Ingredientes:
1 Couve Roxa
4 Maças Granny Smith
50gr de Bacon picado
1 Chalota (usei 1 cebola pequena e 1 Alho Francês mini)
30gr de Manteiga com sal
1 Colher de Sopa de Açúcar (usei amarelo)
1 Colher de Sopa de Azeite
Sal & Pimenta

Refoguei a cebola e o alho francês no azeite até ficarem transparentes, juntei o Bacon e a maça aos cubos e dei mais umas voltas até ficarem louros. Juntei a couve roxa picada e deixei refogar mais 5 minutos, juntei água e cozeu uns 15 minutos.
Entretanto cortei a maça às fatias grossas e alourei-as na manteiga e no açúcar.
No fim da cozedura triturei a sopa, temperei com sal e pimenta, decorei com as maças e já está.

Como Será o Mundo lá Fora?