Mostrar mensagens com a etiqueta Bulgária. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Bulgária. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

Tarator

Tarator é a sopa mais consumida no verão Búlgaro. Quando pensamos em iogurtes verdadeiramente espessos é mais fácil pensar em iogurtes Gregos que em iogurtes Búlgaros, no entanto uma das bactérias que dá origem ao iogurte é precisamente o "Lactobacillus Bulgaricus".
.
Na 2ª foto está a sopa original que comi em Veliko Tarnovo e na 1ª está a minha "cópia", feita a partir desta receita. Serviu para neste dia mais ou menos cinzento me levar, por momentos, de volta ao clima descontraído e sem pressa das férias.

Ingredientes:
1 Pepino Grande cortado em pequenos cubos
300ml de Iogurte Grego (já que Búlgaro não há por cá)
1 Dente de Alho o mais picado possível
Sumo de Limão
Azeite
Sal e Pimenta
Endro
.
Bater o iogurte com água muito gelada, metade do pepino e o alho até obter uma consistência não muito espessa. Juntar o restante pepino em cubos. Temperar com o sumo de limão, o azeite, o sal e a pimenta e por fim juntar o endro finamente picado.

quarta-feira, 18 de Agosto de 2010

Veliko Tarnovo

A espera de 2 dias pelo papel que nos permitia sair com o carro da Bulgária levou-nos a conhecer uma cidade no norte que estava classificada no plano inicial com um, “se sobrar tempo vamos lá”. Chama-se Veliko Tarnovo, é uma cidade verdadeiramente amorosa e aquela que mais gostei na Bulgária.

Deviam estar uns 35º e mesmo assim subi heroicamente :) até ao cimo do castelo (na 1ª foto). Mas quando cheguei cá baixo, só necessitávamos de sombra, água fresca e litros de Tarator.
.
O meu desejo foi plenamente satisfeito num restaurante que ficava na rua mais antiga da cidade (na 2ª foto) e a receita segue dentro de momentos ;)

segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

E já foram as Férias...

11 dias, 3 países, 3 alfabetos, 3.600km percorridos, 50 cd’s ouvidos, 450 fotos tiradas, 1 banho no Mediterrâneo, 35º às 11h da noite.
.
Esta foi uma viagem diferente de todas as outras que já fiz, saí a pensar que o destino seria um e no final foi outro… A ideia inicial era a de ir de carro desde a Bulgária até à Croácia passando pelos países da ex-Jugoslávia, mas logo à chegada a máquina burocrática entrou em acção e fomos confrontados com o facto de que um carro alugado na Bulgária não poder sair para fora da União Europeia… E mesmo assim necessita de um documento que custa 86 Euros e que demora 2 dias a fazer… enfim… quando a burocracia se sobrepõe ao bom senso o resultado não pode ser bom.
.
Primeiro veio a surpresa, mas rapidamente os antigos planos foram guardados e novos planos surgiram… Só se podia circular na União Europeia? Então seriam a Roménia e a Grécia a ser visitadas. Quando se gosta de conjugar o verbo “ir” o destino às vezes é o menos importante ;)
.
Por enquanto ficam algumas fotos de um dos sítios que mais gostei de visitar, o Mosteiro de Rila, um lugar verdadeiramente mágico no meio das montanhas na Bulgária.
Se às fotos eu pudesse juntar o som dos monges que cantavam no momento em que lá estive teriam a ideia da perfeição e da paz que se sentia.