quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Empada que de Galega passou a Portuguesa

Tenho esta “estanha mania” de não gostar de estragar comida e por isso não é por ultimamente se falar todos os dias em "crise" e em "poupança" que reciclo e reutilizo mais do que antes.
Tudo o que sobra e é “congelável” é guardado e etiquetado à espera de dias melhores. Foi o que aconteceu com umas fatias de carne assada que andavam sem rumo até se verem envolvidas nesta empada.
.
Esta receita apesar de estar no livro básico que vem com a Bimby foi uma descoberta recente feita pela Helena como ela aqui já contou. Foi servida num almoço de domingo e comigo foi sucesso imediato. Já fiz com atum como a receita original mas acredito que se preste a múltiplas variações, nomeadamente a aproveitar sobras de carne ou de frango assado.
.
A receita original apesar de poder ser consumida fria parece-me excessiva para 2 pessoas, assim que resolvi fazer apenas meia receita que rendeu uma tarte de 20x20cm. Para mais pessoas podem sempre multiplicar por 2 os ingredientes descritos nesta receita.
.
Ingredientes para a Massa:
25gr de Água
25gr de Azeite
25gr de Vinho branco
1 Pitada de Açúcar
1/2 Colher de Chá de Sal
75gr de Manteiga
1/2 Ovo*
250gr de Farinha
1/2 Ovo para pincelar
.
Ingredientes para o Recheio:
100gr de Queijo Mozzarella em fios
50gr de Cebola
100gr de Tomate (usei molho de tomate)
15gr de Azeite
1/2 Pimento Vermelho
250gr de Carne Assada
50gr de Presunto em Cubos (usei Bacon)
.
Para fazer a massa na Bimby, coloque todos os líquidos no copo, o açúcar, o sal e a manteiga e programe 2 minutos, a 37º na velocidade 1.
Junte o ½ ovo, a farinha e marque mais 2 minutos, na velocidade espiga.
A massa deve ficar homogénea. Se estiver muito líquida junte mais um pouco de farinha e misture mais uns segundo na mesma velocidade.
.
De forma tradicional pode usar a batedeira e proceder da mesma forma, primeiro misturam-se os ingredientes líquidos e depois a farinha até se obter uma massa homogénea.
.
Para fazer o Recheio na Bimby, pique a carne durante 5 segundos a na velocidade 8 e reserve.
Coloque no copo a cebola, o tomate, o azeite e o pimento e triture 5 segundos na velocidade 5.
Refogue 5 minutos a 100º na velocidade colher inversa.
Junte a carne e o Bacon ou o Presunto e programe 3 minutos, a 100º, na velocidade colher inversa, no fim do tempo junte o queijo e envolva com a colher.
.
Para fazer o recheio de forma tradicional pique a carne numa picadora e reserve. Leve ao lume o azeite, a cebola e o pimento picados em pequenos cubos e deixe alourar a cebola e amolecer um pouco o pimento. Junte o tomate e deixe apurar uns minutos. Junte a carne e o bacon (ou presunto) e envolva tudo durante uns minutos ainda no lume. Fora do lume misture o queijo.
.
Estenda metade da massa, com a ajuda de um rolo e forre uma forma.
Espalhe o recheio por cima, estenda a massa restante e feche a empada nas pontas.
.
Pique a superfície com um garfo, pincele com o restante ovo e leve +/-20 minutos ao forno a 200º até estar dourada.
.
*Para obter 1/2 Ovo basta apenas bater 1 ovo, pesa-lo e usar apenas metade do seu peso.

15 comentários:

  1. Tão boa...Gostei muito desta tua empada de duas linguas!

    Bjinho,

    Rita

    ResponderEliminar
  2. Absolutamente adoro-as, bem deliciosas ♥

    ResponderEliminar
  3. Hummm...Galega ou Portuguesa ficou FANTÁSTICA!!
    Adorei a receita!!
    O blog está o máximo, já me tornei seguidora,
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Eu também tenho essa mania. Congelo tudo o que possa e o que não for congelável faço os possiveis por reutilizar. Esta empada deve ter ficado uma delicia e é uma excelente maneira de aproveitar sobras.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Que delicia, tb acho muito bom a reciclagem de comida. Por vezes saiem coisas deliciosas e bem melhores do que a receita inicial. Gostei da tua tarte Portanhola :) beijos da marmita

    ResponderEliminar
  6. Olá Tangerina!
    Ora cá está um exemplo do que eu falava! Poupar não é novidade para os portugueses! Sempre nos habituamos a construir refeições a partir de sobras...e ainda bem! Esta empanada/empada ficou com um ar delicicioso! Vou fazer!! Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  7. Uma refeição apratir de sobras muitas vezes até fica melhor que a original.Adoro empadas, Galegas ou Portuguesas. :)

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. E é uma pena que esta delícia passe despercebida!
    Ainda por cima, é muito versátil e dada a reciclagens.
    Meio beijinho :)

    ResponderEliminar
  9. Tangerina,
    eu também fiquei fã da empada galega. A versão portuguesa também não lhe deve ficar atrás! :)
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Tangerina tenho a Bimby à tanto tempo, mais de 3 anos, e acredita que essa receita me passou sempre ao lado, mas depois de ver a da Helena e agora a tua vou experimentar em breve, deve ser uma delicia
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Querida Carlota
    Estas empadas ibéricas são tão versáteis e a tua ficou perfeita!
    Beijo

    ResponderEliminar
  12. ja tinha adorado quando vi na canela com carninha tambem me parece muito bem e e excelente para as sobras sem duvida
    bom fim de semana

    ResponderEliminar
  13. Costumo fazer mais de atum mas é só porque prefiro peixe :) Adoro empadas!

    ResponderEliminar
  14. É uma óptima ideia para fazer uma empada portuguesa. Vou pegar na ideia e fazer o jantar de hoje, reciclando as "sobras" de frango assado.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Parabéns pelo blogue!

    Há um selo para partilhar lá no meu cantinho!

    ResponderEliminar