sábado, 28 de Novembro de 2009

Rumo ao Paraíso

Estou de malas feitas para o paraíso :) Desde o dia, algures em 99, em que pus os pés no avião que me trouxe de regresso a casa que quero voltar.... Estou por isso com as malas feitas há mais ou menos 10 anos :)
Depois de apanhar 3 aviões, voar durante 14h e esperar outras tantas em aeroportos mergulharei nas águas quentes desta ilha.
Espero ter experiências gastronómicas memoráveis para poder contar por aqui, especialmente porque já me escrevi numa aula de cozinha num dos restaurante mais conhecidos de Banguecoque, o Blue Elephant. Na volta conto tudo, até já ;)

terça-feira, 24 de Novembro de 2009

Broa de Milho

Ter um blog também serve para conseguirmos ver aquilo que é às vezes é óbvio... olhando para a curta vida deste blog acabo de constatar que faço muitos mais iogurtes no Verão e muitos mais pães no Inverno, apesar de comer ambos o ano inteiro. Podia ter a ver com o calor do forno mas como normalmente uso a Máquina de Fazer Pão esse problema não se coloca...enfim... mistérios :)
.
Esta receita, à qual cheguei depois de algumas Broas de Milho menos felizes, é do Forum da Bimby e foi lá colocada pela Soft. Mas claro que também pode ser feita sem Bimby.
.
Ingredientes:
250g de Farinha de Trigo
250g de Farinha de Milho
1 Pacote de Fermipan (são 11gr de Fermento de Padeiro em pó)
1 Colher de chá de Sal
40g de Manteiga
150g de Leite
2 Ovos
.
Com Bimby colocar no copo o leite e o sal e programar 2 minutos, temperatura 37ºna velocidade 2. Juntar a farinha de milho, o fermento, a manteiga e os ovos e programar 10 segundos na velocidade 6. Juntar a farinha de trigo e programar mais 2 minutos na velocidade espiga.
.
Sem Bimby amornar o leite e desfazer nele o fermento e o sal. Misturar a farinha de milho, a manteiga derretida e os ovos e ir mexendo, juntar a farinha de trigo e amassar até ter uma massa que não se pegue aos dedos.
.
Deixar levedar a massa até dobrar de volume. Pré-aquecer o forno a 250ºC. Colocar a massa numa superfície polvilhada com farinha e formar uma bola grande, ou duas bolas mais pequenas.
.
Tapar com o pano e deixar levedar novamente cerca de 15 minutos. Levar ao forno e cozer primeiro 10 minutos a 250º, baixar a temperatura para de 220ºC e cozer mais uns 15 a 20 minutos.
:
P.S Se clicarem no link para o Forum podem ver as fotos feitas pela Soft com as várias etapas ;)

domingo, 22 de Novembro de 2009

O Aventureiro Asseado :)

A "mania de limpeza" que este gato tem ainda lhe vai dar problemas... :) Hoje foi apanhado dentro da máquina de lavar roupa!

Parece-lhe que meter as patas na água, "pedir" para lhe limparem a casa de banho e ser lavado pelo amigo mais velho não lhe chega... necessita de aventuras mais radicais :)

sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

Tertuliando às Bolinhas

O Tertúlia de Sabores é um blog delicioso em todos os sentidos, tem receitas fabulosas, fotos magnificas e textos escritos sempre com uma enorme leveza que apetece não parar de ler. Um blog verdadeiramente inspirador!
Hoje é o seu dia de anos, e como sei que a Moira gosta de chocolate e de bolinhas escolhi para a homenagear uma receita que junta as duas coisas :)
.
Ergo por isso a minha caneca cheia de bolo de chocolate e desejo Muitas Felicidades à Moira e Longa Vida ao Tertúlia de Sabores! A receita original pode ser encontrada aqui, a minha é apenas uma versão reduzida.
.
Ingredientes:
1 ovo
50gr de Açúcar
25gr de Farinha
40gr Chocolate de Culinária em Tablete
30gr de Manteiga
.
Bater os ovos com o açúcar e a farinha. Derreter o chocolate no microondas com a manteiga durante cerca de 1 minuto a 180º. Juntar o chocolate à mistura do ovo com a farinha e levar ao microondas numa caneca durante 2 minutos na potência máxima. Não encher a caneca muito porque o bolo cresce bastante. A caneca da foto foi cheia até pouco mais de meio.

quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

Hummus - Pasta de Grão

Nem sei bem como é que esta receita ainda não tinha vindo aqui parar... é uma entrada que faço muitas vezes quando me falta a imaginação para mais :)
A receita veio de um curso de alimentação vegetariana que fiz há muitos anos. De lá para cá tornou-se presença assídua cá por casa e até já existia aqui uma versão verde.
É bom com tostas, com vegetais crus ou até numa sanduíche com umas folhas de alface ou com legumes grelhados para um almoço rápido.
.
Ingredientes:
400gr de Grão Cozido
Sumo de 1 Limão
1 Dente de Alho Grande
1 Colher de Sopa de Tahini (pasta de sésamo)
Sal
100ml de Azeite
Paprika
Salsa
.
Coloca-se o grão, o alho, o sumo de limão, o tahini e o sal num robot de cozinha, num liquidificador ou na Bimby (Velocidade 5) e com a máquina sempre a trabalhar vai-se juntando o azeite em fio até ter a consistência de um creme aveludado (pode não ser necessário usar todo o azeite). Rectifica-se o sumo de limão, o sal e o tahini e transfere-se para uma taça onde se decora com a paprika, um fio de azeite e a salsa picada.

domingo, 15 de Novembro de 2009

Bavarois de Iogurte e Mel - Dia Beje

Nunca mais tinha conseguido participar no dia da cor e tinha pena porque acho muito criativo criar um prato com um única cor. Por um motivo ou por outro deixei sempre passar os fins de semana, mas desta vez organizei-me a tempo e cá estou com uma receita do Chef Luis Baena aprendida na Cozinhomania em 2005. Houve uma altura em que fazia muito esta Bavarois, faz-se num instante e com coisas que geralmente temos sempre em casa.
.
Ingredientes: (para 6 unidades como as da foto)
250ml de Iogurte Natural
100gr de Açúcar
150gr de Vinho de Sobremesa (desta vez usei Moscatel, mas pode ser Porto, Madeira etc)
450ml de Natas
1 ½ Colher de Sopa de Mel
3 Folhas de Gelatina
.
Colocar as folhas de gelatina de molho em água fria. Levar ao lume o vinho com o açúcar e o mel até levantar fervura. Apagar o lume e derreter nessa mistura as folhas de gelatina. Deixar arrefecer um pouco e misturar o iogurte e as natas. Dividir por pequenas formas ou colocar numa grande e levar ao frio até prender.
.
Decorei com bocados de caramelo, para isso fiz um caramelo ao lume que coloquei em cima de um tapete de silicone e quando começou a arrefecer fui puxando alguns bocados.

quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

Tom Kha Kai ou Quase

Há receitas assim que nos conquistam pelo nome e pela evocação de paladares distantes. Esta sopa já foi feita há muito tempo mas acabou por ficar por aqui à espera de ser publicada, o que é uma pena porque é realmente deliciosa.
Quando a vi no blog da Gina pensei logo que tinha de a fazer em breve… li os ingredientes e perante algumas coisas que não eram fáceis de encontrar resolvi substituir por outras... mas a verdade é que também substitui o frango por camarão e legumes... espero que a Gina me desculpe e que os Tailandeses que por cá passam não fiquem muito chocados :)))
.
Ingredientes:
400 ml de Leite de Coco
1 Colher de Chá de Gengibre em Pó
1 Talo de Citronela ou Erva Príncipe
2 Folhas de Lima Kaffir
100gr de Miolo de Camarão
100gr de Folhas de Espinafres
50gr de Ervilhas Tortas
2 Colheres de sopa de Molho de Peixe
1 Colher de sopa de Sumo de Lima
Coentro Frescos
.
Aquecer o leite de coco até começar a ferver. Juntar o talo de citronela, as folhas de lima Kaffir, os talos de coentros picados e as ervilhas tortas. Uns minutos depois acrescente os camarões e os espinafres. Quando estiver tudo cozido (é muito rápido) junte o molho de peixe e apague o lume. Coloque o sumo de lima e prove, a Gina diz que deverá estar entre o salgado, o ácido e o picante. Decore com as folhas do coentros.

segunda-feira, 9 de Novembro de 2009

Sevilha, A Bela

Hoje não há fotos de comida mas antes de uma cidade que é um verdadeiro "Bombom". Por uma questão de proximidade geográfica Sevilha foi com certeza a cidade estrangeira que mais visitei durante a infância e a adolescência. Depois a vida deu muitas voltas, eu dei outras tantas e Sevilha continuava lá à espera de ser (re)visitada desde 1988.
.
Na verdade nem sei bem porque ainda não tinha voltado… talvez por ser "perto" (por vezes a tendência é para visitar o que está mais longe) talvez porque no verão a cidade atinge facilmente os 42ºC... não sei porque não tinha voltado mas gostei muito de o ter feito.
.
Não tive muito tempo livre mas foi o suficiente para me perder pelas ruas e ver os edifícios de influência árabe, com a omnipresente Giralda que data do Séc. XII (é a torre da primeira foto). Passei pelas ruas estreitas do bairro de Stª Cruz e respirei uma atmosfera sempre tão especial. Vi a enorme quantidade de bares de tapas (um em cada esquina) e as pessoas nas ruas numa continua "fiesta". Gostei tanto e ficou tanto por ver que já estou a fazer planos para voltar ;)

Uma Cidade às Bolinhas...

Quem me conhece "ao vivo" ou apenas aqui do Blog sabe da minha paixão por bolinhas.... louça às bolinhas, toalhas às bolinhas, guardanapos às bolinhas :)
Pois bem, acabo de chegar do paraíso das bolinhas e só não comprei uns dos de cima porque não havia para o meu tamanho :))) São só para crianças ;)
Alguém adivinha onde estive?

quarta-feira, 4 de Novembro de 2009

Clafoutis de Romã

Se é verdade que estamos sempre a aprender coisas novas, esta sobremesa serviu para eu descobrir que as romãs depois de cozinhadas ficam brancas.... :) por muito básico que possa parecer a verdade é que não sabia.
A receita foi adaptada de uma outra com cerejas publicada na revista Cuisine et Vins de France em Julho deste ano. É uma sobremesa simples, rápida e versátil, (pode-se usar qualquer fruta) e na minha opinião fica melhor quando servida morna.
.
Estou de partida em viagem de trabalho para uma cidade em que depois de fazer as contas descobri que não visito desde 1988... que é como quem diz desde "ontem" :) Espero que continue tão bonita quanto me lembro.... quando voltar conto tudo ;)
.
Ingredientes:
250gr de Bagos de Romã
2 Ovos
40gr de Farinha
50gr de Açúcar
100ml de Natas
175ml de Leite
Manteiga para untar a forma
.
Aquecer o forno a 210º. Numa taça começar por bater os ovos com o açúcar até obter uma mistura homogénea. Juntar aos poucos a farinha, as natas e o leite em fio mexendo sempre. Juntar os bagos da romã e transferir para uma tarteira já untada com a manteiga. Levar ao forno até estar dourado (+/- 20 minutos). Servir morno polvilhado de açúcar em pó.