segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Compota de Cebola Roxa

Não sei bem como “tropecei” neste livro… deve ter sido num dos meus (perigosos) passeios nocturnos pela Amazon. :) É um livro muito engraçado porque é escrito por um rapaz que aos 16 anos resolveu deixar a escola para começar um negócio de produção de compotas.
Os doces com o nome de “SuperJam” tornaram-se um sucesso de vendas em Inglaterra e o jovem Fraser Doherty tem ganho inúmeros prémios entre eles o de jovem empreendedor de 2007.
.
Alterei ligeiramente a receita e o resultado foi uma compota fantástica para ser usada em múltiplas ocasiões. É algo demorada mas vale cada minuto ao lume e praticamente faz-se sozinha.
E ainda bem que ficou boa porque eu que sou a rainha das “meias receitas” e das “meias doses” tinha tantas cebolas roxas que resolvi fazer tudo e fiquei com um panelão de compota. Por isso, para os meus amigos que me conhecem na “vida real” e que costumam passar cá por casa preparem-se para muitas variações à volta do mesmo ;)
.
Ingredientes:
850gr de Cebola Roxa
100ml de Azeite (usei azeite aromatizado com louro)
2 Folhas de Louro (não usei)
200gr de Açúcar Escuro (usei demerara)
150ml de Vinagre Balsâmico
100ml de Vinagre de Vinho Tinto
.
Pelar e cortar as cebolas em fatias finas. Levar as cebolas ao lume brando com o azeite até estarem bem tenras (cerca de 20 a 25 minutos). Juntar o açúcar, os vinagres e cozer em lume médio até estar bem caramelizadas (cerca de 30 a 40 minutos) no fim se ainda houver muito líquido no fundo, passar para lume forte e ir mexendo para evaporar um pouco. Retirar as folhas de louro (caso as tenha usado) e guardar em frascos hermeticamente fechados.
.
O autor aconselha a guardar os frascos durante um mês, antes de consumir, para intensificar os sabores. Mas eu não acredito que isso cá em casa vá acontecer :) A primeira já começou a ser consumida acompanhada de queijo de cabra.
.
P.S. Aqui no Blog já existia outra receita de compota de cebola roxa.

19 comentários:

  1. Estou em pulgas para experimentar!!!!!
    (Ando numa fase de compotas e chutneys salgados...)
    Que pena não te conhecer na "vida real", para pôr o dente rapidamente nessas variações em torno de tão belo petisco!
    Babette

    ResponderEliminar
  2. HUMMMM! Ando à procura de receitas diferentes para os meus cabazes de Natal! Acho que acabo de encontrar uma! Vou testa-la e ver se agradará a todos! Eu gosto imenso de cebola roxa....mas, na tua opinião,esta é uma compota para acompanhar mais queijos e vinhos, ou é para um chá?

    ResponderEliminar
  3. Tal como a Filipa, também ando a matutar nos cabazes de Natal e esta receita é perfeita.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Querida, adoro! Adoro fazer compotas, oferecer, trabalhar nelas :) Há algo de fantástico no poder guardar as estações dentro de um frasco :)

    Esta ficou excelente, e a sugestão com o queijo de cabra deve ser deliciosa!

    E o aspecto é soberbo!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Uma receita sem dúvida muito original, o sabor do louro fica muito forte?
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Fiquei curiosa. Adoro cebola, mas em compota nunca experimentei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Outro dia enviaram-me uma receita de compota de cebola que eu ainda não tive coragem de experimentar, mas já que a fizeste eu não me faço rogada e até posso cozer um pãozinho de propósito para acompanhar o queijo e a compota.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Fiquei curiosa com o sabor dessa compota, adoro tudo o que leva cebolas , mas assim não consigo imaginar o sabor.
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  9. Sou bastante fã deste tipo de compotas.
    Adoro servi-la com carne assada ♥

    ResponderEliminar
  10. Deve ficar uma maravilha na base da pizza, eu adoro :)

    ResponderEliminar
  11. Eu a-d-o-r-o! E como sei o caminho para o sítio onde se guardam os frasquinhos de tão cobiçado petisco, estou capaz de me fazer à vida um destes dias... É longe da minha casa mas eu sou mulher para isso! ;))))

    Bj grande e boa semana*

    ResponderEliminar
  12. Eu já experimentei um chutney de cebola do nosso amigo Bittman e gostei tanto, que nem pestanejarei antes de provar esta!
    Que cor linda. :)
    E que pratinho tão fotogénico! :) :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Gostei :-) E estou cada vez mais fã da cebola roxa!
    Bjs
    Teresa (Lume Brando)

    ResponderEliminar
  14. que compota curiosa
    nunca me lembraria mas sabes eu acho que iria gostar
    adoro cebola seja crua, cozida, guisada, assada marcha sempre.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Adorei! E a combinação com o chevre resultou sublime.
    Vou tentar fazer no meu modo preguiçoso-Bimby.
    Beijo

    ResponderEliminar
  16. Olá, vim á procura desta compota, através do Blog As Minhas Receitas. Para mim é novidade a compota de cebola roxa e acho que vou seguir a Filipa e a Carla juntando ao cabaz de Natal uma compota bem diferente...
    Já estou seguindo esta cozinha.
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Ah! fiquei com uma vontade de experimentar!!!!
    Adorei!

    Estou te seguindo!

    beijokas

    ResponderEliminar
  18. Sem Dúvida esta é para experimentar! Parabéns pelo Blog.
    http://editemoments.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde já fiz a geleia de cebola roxa e adorei é muito muito bom......

    ResponderEliminar